Buscar
  • Rádio Notícias

1º FESTIVAL DE ARTE E CULTURA DE TATUÍ DIVULGA RESULTADO PRELIMINAR DOS PROJETOS VENCEDORES


Na tarde desta terça-feira (20/07), no Museu Histórico “Paulo Setúbal”, da Prefeitura de Tatuí, a Comissão Organizadora da “79ª Semana Paulo Setúbal” divulgou o resultado preliminar dos 109 projetos inscritos no 1º Festival de Arte e Cultura de Tatuí, que serão contemplados com a premiação de R$ 1.200,00 cada um.

A reunião foi conduzida pelo diretor do Departamento Municipal de Cultura, gestor do Museu Histórico “Paulo Setúbal” e membro da Comissão Organizadora da “79ª Semana Paulo Setúbal”, Rogério Vianna; também estiveram presentes a agente cultural e administrativa do Departamento de Cultura, Maria Augusta Barbará; o indicado pela Secretaria de Esporte, Cultura, Turismo, Lazer e Juventude, Rafael Halcsik Coutinho; a indicada pelo Conselho Municipal de Políticas Culturais, Priscila Carla Simões; e o membro da Comissão Organizadora da “79ª Semana Paulo Setúbal”, Cristiano Guimarães de Camargo.

Os 33 projetos aprovados pela Comissão são: Adriana Afonso Oliveira, “Neste Buraco Tem Tatu Sim, Que Eu Ouvi!” (teatro); Alan Feliciano de Souza, “Voz de Saudade – A História não Contada do Clube São Martinho” (audiovisual); Ana Cristina Silva Machado, “Descompasso” (dança); Anelissa Nunes da Silva Fructuoso, “Videodança – À Deriva em Tempos Remotos” (dança); Caio Cesar Nascimento Ferreira, “Caminhando pelo Brasil” (música); Cildete Saroba Vieira dos Santos, “Sussurros e Risadas, Uma Noite no Cadeião” (teatro); Diego Wilian do Nascimento Ramos, “Preleção sobre Expressão Artística” (artes visuais); Eduardo Augusto de Almeida Silva, “Bravo Electro” (música); Emerson Henrique Dias Pontes, “Apenas Dance – Breaking Para Todos” (arte urbana); Guilherme de Souza Silveira, “Bate Tambô – Gui Silveiras Solo” (música); Jessé Jackison de Souza Ramos, “Didática das Brincadeiras na Musicalização Infantil” (música); José Pinto de Moraes, “Compositor da Terra” (música); Lucas Gonzaga Rosa, “Alma Pueril” (teatro); Luís Bernardo Fróes Trindade, “Os Satimbancos – Teatro Musical” (música); Luís Fernando da Silva Pinto, “Pegadas Nordestinas – Quadrilha Junina e Xaxado” (dança); Marcelo Araújo Gasparini, “Capital da Música – Músicas sobre Tatuí” (música); Maria Cristina Siqueira, “Poema ‘Praça da Matriz’” (literatura); Maria Inês de Camargo Machado, “Noite da Seresta com Ternura – Canta Roberto Rosendo” (música); Merlise Moreira Sousa, “Ópera Bastien Und Bastienne – Wolfgang Amadeus Mozart” (música); Nicolás Mariano Noya, “Realismo Fantástico no Interior” (artes visuais); Renata Cristiane Ramos, “Tem Ar…Te!” (música); Ricardo Hiroaki Oba, “A Arte das Ruas – O Hip Hop Vai Até Você” (arte urbana); Robson Rogério de Moraes, “Roque Batera” (música); Rubens Vieira de Paula, “Caninha Verde – Uma Variante do Cururu” (música); Simone Brites Pavanelli, “Aula Espetáculo Circense” (circo); Talita de Oliveira Camargo, “Contação de História: A Folha Sonhadora” (literatura); Tamires Freire de Carvalho, “Asas no Quintal do Paulo Setúbal” (teatro); Thiago de Castro Leite, “A Incomum Arte de Não Prestar Nada” (teatro); Tiago Augusto Marcos, “O Tesouro de Tatuí” (música); Vivian Emanuelle Pires Rodrigues, “Espetáculo Ao Vivo Via Plataforma Zoom: As Lavadeiras” (dança); William de Oliveira Lima, “Doces Relatos” (artes visuais); Yuri Calistini, “A Fauna Tatuiana pela Visão da Arte Urbana” (arte urbana); Zacarias Camargo, “Canturiões de Tatuí – Uma Mostra de Cururu” (música).

A Comissão deliberou que três projetos estavam em desacordo com o Edital e quatro inscrições foram encaminhados em duplicidade.

Os projetos que ficaram como suplentes, segundo a classificação, são: Tatiana Teles Rodrigues da Costa, “Leitura Futura” (audiovisual); Jehison Cruz Chavez, “Q’âpárï” (música); Pedro da Silva Costa, “A Arte de Rua – Música e sua Manifestação em Espaços Públicos” (música); Iaponira dos Santos Bezerra, “Ilê Iyás Yabas” (teatro); Vincenzo Augusto Daldoss, Exposição Fotográfica “Os Canturiões de Tatuí” (fotografia); Daniel Cesar Santos Salvador, “Lisbela e o Prisioneiro” (teatro/música); Meriele Paulino de Moraes, “Conexão Popular” (cultura popular); Marthin Goiano da Silva, “Zacur Quartet” (música); Roseli Aparecida Tureck de Moraes Colina, “O Vírus em Mim – O Documentário” (artes visuais); Paulo Vitor Pinto Santiago, “Stand Up – Veja pelo Lado Bom” (música/teatro/stand up); Paola Lima Cherubini, Sebolada apresenta monólogo “Água-Viva”, de Clarice Lispector” (literatura); Heitor Moizés Salesse, “Duo Svyazi” (música); André Kaires, “Manifesto de Corações Partidos” (literatura); Malu Marzagão, “Ilustres Mulheres – O Verdadeiro Super Poder está em Transformar a Realidade” (artes visuais); Rodrigo Soares de Campos, “Projeto Capital da Música – 1ª Edição” (música); Juliana Rosa de Oliveira, “A Capoeira como Ferramenta para Educação e Cultura” (dança/capoeira/cultura afro/literatura); Carmen Brígida Negrão, “A Fotografia como Documento e Arte” (artes visuais); Raphael Sampaio Moreira Marinho, “Raphael Sampaio Quarteto” (música); Paula Fernanda de Moura Cleto, “A Volta da Cantora Careca, porém Muda” (teatro); Elidamaris Cortez, “Aula de Piano para Iniciantes” (música); Ernandes Ribeiro Justino, “Afro Brasilidade na Música da Capoeira” (música/artes visuais); Frederico Mosca, “Pepê Sons” (música); Dagma Cibele Eid, “Ars de Pulsatione” (música); Otávio Augusto Sousa Neto, “Mek Sing” (música); Ana Laura Theotonio de Almeida, “Amy Winehouse Tributo” (música); Laio de Almeida Marciano, “Transborda-se” (fotografia); Daniel Rodrigues Nascimento, “Joana” (teatro); Mateus Abner Corrêa Vieira, “Corpotônus” (dança); Ravi Augustus Nogueira, “Duo de Roer – Grupo de Choro” (música); Aline Ferreira Costa dos Santos, “Frevando no Forró” (danças populares brasileiras); Gabriel Gregório Vanin, “Muito Mais que Melodias” (audiovisual); Rudi Marcos Lourenço, “Tatuí Versos e Poesia Moda de Viola e Dança” (literatura/música/dança); Fernando Ribeiro Goivinho, “Confiteor” (teatro); Paulo Ricardo de Moraes Vieira, “Show de Comemoração de 13 de Banda Rwstos” (música underground); João Vitor Pereira Ferrari, “Revitalize e Reuse: Aula de Customização em Vestuário” (artes visuais); Gisele de Fátima Camargo, “A Mulher que Estendia o Tempo” (teatro); Maria Antônia de Souza Pacheco Negrão, “Piano com Café” (música); Tiago Gonçalves Camargo, “A Flor do Algodão” (música/literatura); Rivaldo Nogueira, “Retalhos da Vida” (teatro); Rodrigo Ribeiro da Silva Junior, “Men and Camels” (música); Shirley Antunes dos Santos Oliveira, “Um Rock Diferente” (musical); Fernando José Pires, “Pensando como Beethoveen” (música); Sergio Gonçalves de Oliveira, “O Show Não Pode Parar” (musical); Elton Luiz Lario Soares, “Geração Jazz Trio” (música); José Guilherme Leme, “Entre a Esmeralda das Melancias e o Ouro do Abacaxi – A Culinária de Tatuí” (cinema/documentário); Rosangela Maria Silva Lourenço, “Causos da Pandemia: O Ser Sem Máscara!” (literatura); Jordi Bruno Cezar, “Banda Tripolar” (música); Ariane Rodrigues Fukushima, “Desconexão” (música); Jaquie Rodrigues Livino de Carvalho, “Lembra de Respirar” (música); Daniele Nascimento da Silva Santos, “Tocando e Alegrando” (música); Rafael Henrique Oliva Braz, “Duo Freeloader” (música); Cristian Lourenço Correia da Silva, “Revelando Segredos da Modelagem através de Referências” (moda/artes visuais); Vitor Welinton Britto de Barros, “Duo Violin Dj” (música); Odilon Silas Rodrigues Junior, “Projetando Emoções” (audiovisual); Rafael de Oliveira Esgalha, Banda “O Candido Ao Vivo” (música); Vinicius Sacco Ribeiro da Silva, “Afrobambafunk” (música/audiovisual); Rodolfo Fernando dos Santos, “Oficina de DJ” (música); Bruno de Souza Santos, “Projeto Bruno Bones” (música); Thiago Baptista Buist, “A Música Independente como Fonte de Renda” (música); Marcelo Ferreira Malta, “Lembranças” (arte visual); Robson Fernando Camargo, “Live Revoltrio” (música); Flavia Ferreira Machado, “Confiteor” (literatura/rimas); Ione Gomes Protta Vieira, “Workshop de Pão de Mel Recheado” (gastronomia); Kellen Faustinoni, “Redoma” (teatro); Clarym Luana Holvoks Nunes, “Leitura pelos Cantos do Brasil” (literatura); Maria Gabriéla Caxias Ribeiro, “Escolhas” (pintura); Pedro Adilson Pavanelli, “Mistura Fina” (música); José Reinaldo de Moura, “Robô Dançarino” (música); Gersom Luciano e Silva, “Live do Robozão” (música).

O resultado preliminar do 1º Festival de Arte e Cultura de Tatuí pode ser conferido no link https://bit.ly/3BrZfH6. Em caso de dúvidas, basta entrar em contato pelo e-mail cultura@tatui.sp.gov.br.

8 visualizações0 comentário