Buscar
  • Rádio Notícias

DIA DO CENTENÁRIO DA "SEMANA DE 22" FOI REPLETO DE ATIVIDADES CULTURAIS EM TATUÍ .



A Semana de Arte Moderna de São Paulo, completou na última sexta-feira (18/02), o seu primeiro centenário. Em comemoração a tal feito, o dia foi repleto de atividades culturais no Museu Histórico "Paulo Setúbal", da Prefeitura de Tatuí, por meio do projeto educativo "Fantástico Mundo da Arte", que promoveu diversas ações de música, dança, teatro, literatura, arte urbana e artes visuais. Durante o dia, André Kaires apresentou o "Poeta 22", uma performance em homenagem ao centenário da Semana de 22. Além disso, o artista plástico Mingo Jacob, expôs suas pinturas em tela, para que os presentes pudessem compreender e visualiza-las. As crianças, que estavam presentes em grande número no local, puderam apreciar trabalhos de grafite, do artista Yuri Bone, que vem aplicando sua arte pela cidade de Tatuí com o Projeto: "A Fauna Tatuiana pela Visão da Arte Urbana", que visa valorizar os animais da fauna tatuiana, reduzidos ou extintos no território municipal. O escultor Claudio Camargo, autor de diversos bustos e monumentos que visam valorizar o título de "Capital da Música" e salvaguardar a memórias de grandes músicos tatuianos, realizou uma apresentação de seu trabalho aos pequenos, que ficaram encantados com o espaço montado pelo artista no Museu. Outras atividades também aconteceram no Museu durante o dia, como uma apresentação de sapateado, pela bailarina e coreógrafa, Ana Cristina Machado; o "desfile" de dois personagens do Projeto "Sussurros e Risadas – Uma Noite no Cadeião", no interior do Museu, pelas atores Rose Tureck e Claudio Telles; a estreia do podcast "Filosofia em Street Art", de Diego Dedablio, no canal do Museu no Youtube (https://bit.ly/2Yuui6i); e a exposição das peças pertencentes a reserva técnica da Unidade Bibliotecária. O Projeto "Fantástico Mundo da Arte", coordenado pelo Setor Educativo do Museu, é elaborado por Emilene Vieira Fiuza de Oliveira, Rose Mary Raymundo Falchin, Leila Maria Leite Miranda e Regiane Domingues. O Museu manterá a exposição de fotos e dos trabalhos dos artistas até o dia 27 de fevereiro em cartaz, com a visitação do público podendo ocorrer de terça-feira a domingo, das 09h às 17h; o atendimento para visitas em grupos acontece pelo e-mail museupaulosetubal@gmail.com. Semana de 22 - A Semana de Arte Moderna de São Paulo, realizada de 13 a 18 de fevereiro de 1922, foi o marco de fundação do Modernismo – o movimento artístico brasileiro. Na ocasião, diversas manifestações artístico-culturais, como apresentações de dança, música, recital de poesias, exposição de obras e palestras, foram promovidas no Theatro Municipal da cidade. Os artistas participantes das atividades, inspirados nas vanguardas europeias (futurismo, cubismo, dadaísmo, surrealismo e expressionismo), propunham uma estética inovadora na arte, valorizando processos artísticos nacionais, o que chocou parte da população, gerando muitas críticas aos artistas participantes do evento, como Mário de Andrade, Anita Malfatti e Heitor Villa-Lobos. Assim nascia o modernismo, que tinha como principais características em suas obras a valorização da identidade e cultura brasileira, por meio de temáticas nacionalistas e cotidianas; a ausência de formalismo; ruptura com academicismo e tradicionalismo; crítica ao modelo parnasiano; entre tantas outras. FOTO: Crianças participaram das atividades relacionadas às comemorações da Semana de 22.

3 visualizações0 comentário