Buscar
  • Rádio Notícias

VACINA DA GRIPE ESTÁ DISPONÍVEL PARA TODA A POPULAÇÃO DE TATUÍ


A partir desta segunda-feira (12/07), até enquanto durarem os estoques, a vacinação contra a Gripe (Influenza) em Tatuí estará disponível para toda a população a partir de 6 meses de idade. A medida foi anunciada pelo Governo do Estado de São Paulo e será adotada pela Prefeitura de Tatuí, por meio da Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, em virtude da baixa procura das pessoas que pertencem aos grupos prioritários, que desde meados de abril podem se vacinar contra a Influenza.

As doses da vacina da Gripe (Influenza) estão sendo aplicadas de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h, na UBS Central (CS1/Postão), UBS Dr. Laurindo, UBS Valinho, ESF Rosa Garcia, PSF Santa Rita, ESF Santa Luzia, ESF CDHU, PSF Vila Angélica, ESF Tóquio, ESF São Cristóvão e ESF Jardins de Tatuí. Já nas UBS Santa Cruz, UBS Mirandas e UBS Vila Esperança a vacinação acontece de segunda a sexta-feira das 8h às 12h. É preciso levar o cartão SUS, um comprovante de endereço do município de Tatuí e um documento com foto/CPF.

Segundo orientação do Ministério da Saúde, quem se imunizou contra a Covid-19, com uma ou duas doses, deve aguardar o intervalo de 14 dias para se vacinar contra a Influenza. O órgão federal ainda esclarece que a vacina contra a gripe não tem eficácia contra a Covid-19, ou seja, um imunizante não substitui o outro; mas o cidadão que pertence aos grupos em que a vacina já está disponível, deve priorizar a vacinação contra o Coronavírus.

Mais informações podem ser obtidas na Unidade de Saúde mais próxima de sua residência ou com a Vigilância Epidemiológica, pelo telefone (15) 3305-8855.

A vacinação em Tatuí – Desde o dia 12 de abril até esta terça-feira (06/07), 23.115 pessoas foram imunizadas contra a gripe em Tatuí. De acordo com a Vigilância Epidemiológica do município, o número é considerado baixo, visto que o público-alvo estimado, das pessoas que pertencem aos grupos prioritários, é de 47.101 pessoas, entre crianças (de 6 meses a 5 anos, 11 meses e 29 dias); gestantes; puérperas (mulheres que deram à luz há 45 dias ou menos); trabalhadores da área da Saúde; idosos de 60 anos de idade ou mais; professores das redes pública e privada; portadores de doenças crônicas não transmissíveis e com outras condições clínicas especiais; portadores de deficiência permanente; profissionais das Forças Armadas, de Segurança e Salvamento; caminhoneiros; trabalhadores portuários e de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbanos e de longo curso; funcionários do Sistema Prisional; população privada de liberdade; e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.

24 visualizações0 comentário